quarta-feira, 28 de março de 2012

Seis anos de romaria

(2007)


(2008)

(2009)

(2010)

(2011)

(2012)




Na qualidade de irmão responsável (irmão-mestre pelos estatutos), compete-me aqui agradecer todo o trabalho realizado pelo meu antecessor Irmão Helder e ao seu contra-mestre Irmão Padre Dinis, bem como à restante equipa. Poderão dizer que não havia necessidade mas, no meu ver, a humildade é digna de louvor e apreço, mas também o reconhecimento das obras realizadas em nome do Senhor devem ser tidas em conta nesta vida porque na outra, só Deus tem o poder de reconhecer ou não as mesmas.



No meu modesto entender, "Deus quer, o Homem sonha, a obra nasce" está bem espelhado no ressurgimento das romarias nesta ilha Terceira (de Jesus em tempos idos).



A semente foi lançada nos finais de 2006 e agora, 6 romarias passadas, sinto e vejo que está a germinar, a dar flores e frutos, timidamente é certo mas, também Sua e nossa mãe Maria Santíssima o foi.



Muita coisa já foi feita e outra tanta "falta fazer". Definitivamente não serei eu a pessoa que irá fazer o que falta, aliás, seguramente, haverá SEMPRE algo mais para ser feito, algo mais para honra e gloria do Senhor, algo mais seguindo-O como Maria, em silencio e oração, tendo em vista o lema "peregrinos do infinito".



Paulo Roldão

(um irmão romeiro, como os demais)

segunda-feira, 19 de março de 2012

Blog Bagos D` Uva

Imagem retirada daqui



No sitio do Bagos D`uva, poderão ver as fotos que este nosso admirador captou durante esta romaria. O link é para a 9ª parte mas, na barra lateral poderão ver as restantes, assim como em anos anteriores.

Desde já os nossos agradecimentos e já agora, convidamo-lo a participar na 7ª romaria, desta vez, mais interiormente.





"As romarias não nos levam a pensar nas fotografias, mas as fotografias levam-nos a pensar nas romarias" - Pensamento de um irmão romeiro, como os demais.

quinta-feira, 15 de março de 2012

terça-feira, 13 de março de 2012

Cristo Antigo, do Padre Abel Varzim

Abaixo se transcreve este belo poema apresentado no fim desta 6ª romaria, pelo irmão Manuel Rodrigues, que o declamou com profundo sentido de paixão e fé:
Que fazes tu aí, oh! Cristo antigo,
Pregado nessa Cruz, eternamente?
Liberta a tua mão omnipotente,
Desprega esses teus pés… e vem comigo!
Não sabes que, sem Ti, nada consigo?
Não vês que fazes falta a tanta gente?
Oh! vem de novo como antigamente,
Viver connosco e nós contigo!
Não vens? Não queres ouvir a humilde prece
Num Mundo que, sem Ti, desaparece,
Vencido pela morte e pela dor?
Não vens? Não pode a Cruz ficar sozinha?
Pois bem: Permite, então, que seja minha!
Eu fico nela… e desce Tu, Senhor!

terça-feira, 6 de março de 2012

6ª romaria

A todos aquelas pessoas que por aqui passam, informa-se que de amanhã até domingo dia 11, iremos estar nos caminhos desta ilha em "retiro" e oração. Se se cruzarem connosco, peçam orações, pelas vossas aflições, anseios ou outras intenções. Aqueles que fisicamente não se encontrem nesta ilha, orem. Orem em especial, por aqueles que perderem a fé, pelas familias em dificuldades e por outras intenções que sejam importantes para vós.

sexta-feira, 2 de março de 2012

A proposito deste livro


A propósito do livro acima poderão ler mais alguma coisa aqui. Sobre o mesmo retemos uma passagem escrita noutro local que abaixo transcrevemos:

“Deus não se esconde na relação gravitacional entre planetas, mas na relação moral entre homens. Deus é um salto de fé ético e não uma descoberta com tubos de ensaio”